Viagem de navio com bebê – Dicas, cuidados

Caso o seu bebê já possua idade o suficiente para viajar de navio, você também precisa entrar em contato para saber se o navio possui berços

Escrito por -

Descubra o que é preciso saber para viagem de navio com bebê- Dicas, cuidados:

Viajar de navio é uma ótima opção de passeio com a família. Mas muitos pais tendem a adiar esse tipo de viagem quando tem um bebê, por achar que cruzeiro e neném não combinam. Mas isso não precisa ser um problema!

Mesmo com as complicação advindas da viagem com o bebê, esse pode ser um momento muito divertido e especial. Entenda um pouco mais sobre o assunto antes de descartar essa possibilidade.

Viagem de navio com bebê – Dicas, cuidados

Antes de mais nada, é necessário ter em mente que as a maioria das operadoras de cruzeiro possuem uma idade mínima para os viajantes: seis meses. Algumas só permitem que a viagem seja feita a partir de um ano de idade. Então, se o seu filho tem menos do que isso, pode ser impossível que ele viva essa experiência agora.

Por isso, é necessário se informar com a operadora do navio em questão, para saber das suas regras específicas quanto idade.

Leia também: Como arrumar a mala de bebê para viagem

Foto: Etsy
Foto: Etsy

O que é preciso saber para viajar de navio com bebê

Caso o seu bebê já possua idade o suficiente para viajar de navio, você também precisa entrar em contato para saber se o navio possui berços. Mesmo que eles ofereçam, pode ser inviável montar um na cabine, já que (geralmente) elas são muito pequenas. Uma boa opção pode ser levar uma grade desmontável de casa e cercar a cama.

Alguns navios ainda oferecem baby-sitter, dessa forma os pais podem desfrutar de alguns momentos tranquilos. Geralmente, esse tipo de serviço é pago à parte e por hora.

Alguns cruzeiros também fazem comidas específicas para a criança, se for solicitado.

Dicas para viajar em um cruzeiro com bebês

Foto: Salaviponline
Foto: Salaviponline

Uma dica importante é escolher um cruzeiro que tenha uma rota não muito longa. Dê preferencia aqueles que possuem embarque e chegada no país de origem, o que evita trajeto de avião.
Separe todos os documentos do bebê, incluindo a carteira de vacinação. Eles são essenciais para o embarque e garantem que qualquer possível emergência médica será coberta pelo plano de saúde.

Quando for preparar a mala do bebê, pense na temperatura externa no verão, mas não se esqueça que o navio possui ar condicionado e ele pode estar muito forte. Leve desde camisetas até roupas de fria, como jaquetas para o bebê.